Requalificação de unidades de saúde em 2019 amplia atendimento

Dando herança às solicitações de unidades de saúde do município iniciadas em 2017, uma prefeitura de Camaçari, através da Secretaria de Saúde (Sesau), chega ao final de 2019 com um saldo de 35 equipamentos de atendimento público solicitados em três anos. Durante esse período, foram reabertos 23 consultórios odontológicos, reativados 23 salas de prevenção, 29 salas de curativos, 26 salas de vacina e reabertas mais de 20 farmácias.

Entre as principais requalificações estão o PA Dr. Artur Sampaio em Vila de Abrantes, o CAPS Orla e a UBS Vila de Abrantes, o Centro de Especialidades Odontológicas, o Centro de Controle de Zoonoses e a criação de UPA e Policlínica Pediátrica. “E para 2020, uma meta é concluir a requalificação de todas as unidades de saúde da cidade. Agora, em janeiro, temos uma previsão de iniciar uma reforma geral do PA de Monte Gordo e ainda no primeiro semestre a ampliação da UPA da Gleba A ”, afirma o secretário de Saúde, Elias Natan.

Para além das melhorias nas estruturas físicas das unidades, também é importante analisar a ampliação de algumas equipes de saúde da família para melhor atender à população. “Infelizmente, no segundo semestre tivemos a saída de alguns médicos em decorrência de pedidos de afastamento ou prazo final de contratos e ainda sofremos com a saída do Mais Médico também. Mas, já convocamos novos médicos através de um novo REDA e em janeiro todas as equipes estão recompostas mais uma vez. A nossa meta é manter todas as equipes completas como detidas até meados desse ano ”, garante o secretário de Saúde.

Para o prefeito Elinaldo Araújo, “tão importante quanto entregar as unidades solicitadas é uma solicitação de atendimento. Ainda temos unidades que precisam melhorar e estamos acompanhando isso perto. Para tanto, inicie o Plano SUS em Camaçari, para padronizar o atendimento em todas as unidades de saúde na busca de garantir acesso de qualidade à nossa população ”.