Itens filtrados por data: Terça, 03 Setembro 2019

Agentes e demais funcionários da Defesa Civil, núcleo que integra um dos serviços disponibilizados pela Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), receberam, nesta terça-feira (3/9), um treinamento acerca das condutas e diretrizes que norteiam a disciplina militar para o aperfeiçoamento do quadro de colaboradores. Os servidores participaram também de aula prática de ordem unida. O encontro contemplou cerca de 50 profissionais, entre técnicos, engenheiros, operadores e coordenadores, no auditório do 12º Batalhão da Polícia Militar, em Camaçari.

De acordo com o coordenador do órgão, Ivanaldo Soares, a proposta desta capacitação é orientar os agentes na abordagem em momentos de gerenciamento de crises, além de se posicionar diante das autoridades. “A ideia foi passar um pouco da disciplina militar para os nossos agentes, para que todos possam valorizar e compreender a importância de uma postura adequada durante a execução do trabalho. Essa atitude faz com que passe uma credibilidade para a população, conquistando uma maior confiança no nosso trabalho. Além de andarmos preparados para qualquer emergência, uma vez que estamos lidando diretamente com o público e o nosso principal papel é salvar vidas”, destacou.

A Defesa Civil atua em ações preventivas, operando com vistorias, visita técnica, no socorro de acidentes de trânsito envolvendo vítimas, em casos de enchentes, resgates de animais, em situações assistenciais e reconstrutivas destinadas a evitar ou minimizar desastres, sejam eles de causa natural ou não, por meio do trabalho de seus agentes, equipe formada por profissionais capacitados.

 
Publicado em Camaçari

Um café da manhã e boa música na voz do artista da terra, Paulo Carrilho, conferiram tom de confraternização à 2a edição do “Camaçari de Braços Abertos à Inclusão”, evento realizado pela Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (Sedec), no Centro de Integração e Apoio ao Trabalhador (Ciat), nesta terça-feira (3/9). A programação se estendeu por todo o dia e fez parte das comemorações da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, instituída em 2017, pela Lei Federal nº 13.585.

Logo na chegada a estudante Aline Silva mostrou empolgação com a festividade. “Ganhei meu dia em participar desse evento no Ciat e ser recebida com tanto carinho e alegria”, afirmou a jovem, que é cadeirante e possui baixa visão. Ela estava entre os 25 alunos do Centro de Apoio a Educação Inclusiva (Caei) convidados para participar da atividade, que foram acompanhados pelo gestor Vivaldo Carvalho. “Essa ação é muito importante, pois a inclusão social é o privilégio de conviver com as diferenças”, frisou o responsável pelo Caei.

Além do momento cultural, o público também conferiu apresentações de cunho social e empreendedor. “Organizamos uma programação direcionada para os profissionais PCD, que desejam ingressar ou regressar ao mercado de trabalho”, destacou a coordenadora do Ciat, Renoildes Santos.

Na ocasião, representantes do Ministério do Trabalho explanaram sobre a importância do ato para melhorar o engajamento dos trabalhadores nas empresas do município. “Hoje, visualizamos a concentração da inclusão social que o governo municipal tem projetado, com a eficácia da obrigatoriedade do preenchimento de cotas”, pontuou Josélia Ramalho, auditora fiscal do Trabalho.

Após a solenidade, a equipe técnica do Ciat iniciou o processo de captação de vagas de emprego para os profissionais PCD, com as 14 empresas presentes dos mais variados setores do município. “Procuramos pessoas engajadas e que buscam crescer com a velocidade das suas necessidades”, informou Mariana Caldas, analista de Recursos Humanos de uma empresa do ramo alimentício do Polo Industrial de Camaçari, que se fez presente para entrevistar novos candidatos.

De acordo com o gerente de Serviço da Pessoa com Deficiência, Rosendo Filho, o ato respaldou a série de atividades incentivadoras à inclusão social do público PCD, realizadas no primeiro semestre. “Socializar e profissionalizar esses munícipes são as principais bandeiras levantadas pela gestão de Elinaldo”, disse Rosendo. No mesmo contexto, acrescentou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Waldy Freitas. “Ano passado conseguimos várias contratações através da intermediação do Ciat, para o público PCD. Estamos caminhando de forma célere na busca de mais capacitações profissionais e chegada de novas empresas para Camaçari”, citou o secretário.

Publicado em Camaçari

Visando dispor de mais aporte financeiro para execução de projetos de infraestrutura, mobilidade urbana e obras diversas que beneficiarão diretamente a população de Camaçari, culminando na elevação da qualidade de vida dos munícipes, a Prefeitura de Camaçari adquiriu empréstimo de R$ 136 milhões junto à Caixa Econômica Federal. Foram aproximadamente quatro meses de tratativas entre as partes, desde o momento em que o governo municipal pleiteou a verba até a oficialização do empréstimo, que ocorreu nesta terça-feira (3/9), quando o prefeito Elinaldo Araújo se reuniu com representantes da instituição financeira, na Superintendência Regional da Caixa Econômica, em Salvador, e assinou o contrato do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finasa).

Durante o ato de assinatura do documento, o gestor municipal destacou a importância da verba do Finasa para a realização de obras que impactarão positivamente a população de Camaçari. “Esse dinheiro será aplicado em obras, em melhorias de infraestrutura, em intervenções que melhorem a vida das pessoas”, declarou, acrescentando que a aprovação do pedido de empréstimo é um reflexo da boa avaliação resultante da análise das contas da Prefeitura. “Para que esse crédito pudesse ser gerado, foi necessária a avaliação e aprovação das nossas contas pela Secretaria do Tesouro Nacional, que verificou que a Prefeitura cumpre os requisitos para ter acesso à contratação de empréstimos”, concluiu. Responsabilidade fiscal e os bons índices de investimento em saúde e educação são exemplos de critérios analisados pelo Tesouro.

O superintendente regional da Caixa, Kleber Coelho Paz, destacou a importância da concessão de crédito do Finasa para o município de Camaçari. “Queremos trazer todos os recursos possíveis para possibilitar o desenvolvimento da Região Metropolitana. E Camaçari tem muita importância para nós nesse contexto, pois esse foi o maior aporte concedido em 2019. E o mais importante é que a população é a maior beneficiada”, salientou.

Além do superintendente regional da Caixa Econômica e demais representantes da instituição bancária, também participaram no ato de assinatura nomes do Legislativo e do Executivo de Camaçari, acompanhando o prefeito Elinaldo, a exemplo dos secretários de Governo, José Gama; de Infraestrutura, Joselene Cardim; de Educação, Neurilene Martins; de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, Genival Seixas; de Habitação, Junior Borges; de Turismo, Gilvan Souza; além dos vereadores Jorge Curvelo, Zé do Pão e Flávio Matos.

Publicado em Camaçari

Esta quarta-feira (3/9) foi um dia muito importante para a educação especial em Camaçari. É que foi realizada a cerimônia de entrega da requalificação do Cento de Educação Especial/ Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (APAE) de Camaçari e a posse de 21 cuidadores educacionais e um intérprete de libras, na sede da instituição, localizada no bairro Camaçari de Dentro.

O prefeito Elinaldo Araújo afirmou estar muito feliz e emocionado por estar no local, compartilhando desse momento que segundo o gestor é marcante e de importância ímpar. “Vamos cuidar para atender mais escolas e cuidar de matricular esses alunos nas escolas que tenham os cuidadores”.

Também muito emocionada, a secretária de Educação, Neurilene Martins, falou sobre a contribuição dos novos servidores. “Pela primeira vez na história de Camaçari, nós teremos nas escolas os cuidadores educacionais, brailistas e os intérpretes de libras. Essas pessoas vão integrar nossa equipe dentro das unidades escolares e melhorar o atendimento da educação especial na perspectiva da inclusão”.

As obras realizadas no local foram: no telhado, com troca do madeiramento condenado e telhas, retirada de forros de madeira com cupim, instalação de forro e ampliação da cobertura da área de recreação; nas paredes, com recuperação de reboco e instalação de cerâmica e pintura em tinta acrílica interna e externamente; elétrica, que realizou troca de fiação e quadros de distribuição completos, além da substituição de luminárias e lâmpadas de todos os ambientes; revisão hidráulica geral, novas instalações de água e esgoto para os sanitários e cozinha e construção de pia de escovação e bebedouro.

 
Publicado em Camaçari

A juíza substituta da 2ª Vara Cível Federal da Seção Judiciária de Rondônia, Laís Durval Leite, anulou um contrato entre a Associação Indígena Awo “Xo” Hwara e a organização irlandesa Celestial Green Ventures PL para venda de usufruto de reserva reserva indígena.

A determinação questiona a venda da propriedade de créditos de carbonos obtidos nas reservas indígenas Igarapé Lage, Rio Negro-Ocaia e Igarapé Ribeirão, situadas no Município de Guajará-Mirim/RO, configurando exploração comercial da terra indígena.

A demarcação dessas reservas indígenas foi homologada através do decreto nº 86.347, de 9 de setembro de 1981, assinado pelo então Presidente da República, João Batista Figueiredo. A área total corresponde a mais de 259.000.0000ha (duzentos e cinquenta e nove mil hectares).

A Celestial Green Ventures PLC pagaria a quantia de US$ 13 milhões de dólares americanos, em trinta parcelas anuais de US$ 445 mil, à Associação Indígena.

Em sua decisão, a magistrada ratifica que as terras indígenas são propriedade da União, portanto, ninguém pode dispor daquilo que não lhe pertence. A informação foi divulgada por Domingos Borges, do site NewsRondônia.  

Ainda conforme a decisão, a as duas partes devem se abster de negociar “quaisquer direitos sobre o usufruto de terras indígenas, em qualquer lugar do território nacional, sem anuência da União ou da FUNAI, sob pena de multa no valor de R$ 1.000.000,00). 

Publicado em Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que está determinado em debater a questão da Amazônia na próxima assembleia-geral da ONU, que ocorre em Nova Iorque entre 17 e 30 de setembro.

“Eu vou comparecer à ONU, nem que seja de cadeira de rodas, de maca.”, disse na segunda-feira (2) em entrevista aos jornalistas. “Eu quero falar sobre a Amazônia, mostrar para o mundo, com bastante conhecimento, com patriotismo, falar sobre essa área, ignorada por tantos governos que me antecederam. Ela foi praticamente vendida para o mundo. Eu não vou aceitar esmola de país nenhum do mundo a pretexto de preservar a Amazônia mas na verdade ela está sendo loteada e vendida”, disse.

Neste domingo, 8, Bolsonaro passa por cirurgia para corrigir uma hérnia incisional. Segundo ele, a ideia é que compareça à cerimônia de comemoração do 7 de setembro, em Brasília, e, ao fim do dia, siga para São Paulo, para se internar.

Publicado em Política

Projeto de Lei 11.021/2018, que tramita na Câmara dos Deputados pode ser votado hoje (3/9) em Brasília.

Se o projeto passar, o dinheiro do fundo partidário poderá ser usado para pagar advogados do Lula e condenados ou processados do PT com dinheiro dos impostos.

A proposta também prevê que os partidos tenham horário não escalonado, em ano não eleitoral, nos veículos de comunicação, com inserções durante a programação da TV e do rádio. Isto poderá gerar uma renúncia fiscal gigantesca para as emissoras que podem acabar ganhando com isto.

O que a bancada do PSL vai fazer? Deixar passar e ficar pedindo pro presidente vetar depois? Alô Brasil? Tem alguém aí?!

Prestem atenção à proposta:

Publicado em Política

Grupo Fato Verdade. Sua verdade na web.

Informações de qualidade, sem firulas, sem achismo

Galeria de Fotos