Itens filtrados por data: Segunda, 02 Setembro 2019

O corpo de um homem identificado como José Conrado da Silva, de 55 anos, foi encontrado dentro da residência do ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano, no bairro da Bomba, na noite desta segunda-feira (02). José era caseiro de Caetano.

A polícia encontrou o corpo do homem estendido no chão com uma poça de sangue em volta, porém não foram detectados sinais de arrombamento no imóvel. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, porém José não apresentava mais os sinais vitais.

O caso está sendo investigado pela polícia, que aguarda a análise da perícia para determinar a causa da morte.

Publicado em Camaçari

O Loteamento Parque Tucunaré, na Costa de Camaçari, foi a localidade escolhida para receber a 8ª edição do Sedes Mais Perto de Você, uma ação da Prefeitura de Camaçari, que integra o programa Avança Camaçari e é gerida pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes). Durante todo o dia, foram ofertados serviços do Bolsa Família, Bolsa Social, do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e do programa Primeira Infância.

A secretária Andréa Montenegro parabenizou a equipe por mais uma ação desenvolvida com empenho. “Trazer o CRAS, que está situado no Caminho do Mar, para dentro do Loteamento Tucunaré foi muito importante. Quero agradecer a equipe, pela dedicação e por trabalharem com amor”, destacou.

Para a gestora do CRAS Caminho do Mar, Cerize Gomes, a ação traz um atendimento multiprofissional. “O CRAS se faz presente aqui para conhecer de perto a comunidade. O trabalho fica muito mais gratificante quando estamos mais perto de cada um de vocês. Uma iniciativa maravilhosa. Queremos saber quem são vocês e do que vocês precisam”, concluiu.

Para a presidente da Associação do Loteamento Tucunaré, Tânia Maria dos Santos, moradora de Tucunaré há 16 anos, a ação beneficia diretamente a comunidade. “Gostaria de agradecer a forma como a nossa comunidade está sendo atendida pela Sedes. As pessoas se sentiram vistas pelo poder público, quem se favoreceu foi a população. Pedimos que não pare por aqui, que continue não só aqui mais em outras localidades no nosso município”.

Publicado em Camaçari

O mercado financeiro aumentou a projeção para o crescimento da economia e reduziu a estimativa de inflação para este ano. Segundo o boletim Focus, pesquisa divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), a previsão para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi ajustada de 0,80% para 0,87% em 2019.

Segundo a pesquisa, a previsão para 2020 permaneceu em 2,10%. Para 2021 e 2022 também não houve alteração nas estimativas: 2,50%.

Inflação

A estimativa de inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo caiu de 3,65% para 3,59%, este ano. Para os anos seguintes não houve alterações nas projeções: 3,85%, em 2020, 3,75%, em 2021, e 3,50%, em 2022.

A meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional é 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,5% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6%. Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Quando o Comitê de Política Monetária aumenta a Selic, a finalidade é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Para o mercado financeiro, ao final de 2019 a Selic estará em 5% ao ano. Para o final de 2020, a estimativa segue em 5,25% ao ano. No fim de 2021 e 2022, a previsão permanece em 7% ao ano.

Dólar

A previsão para a cotação do dólar ao fim deste ano subiu de R$ 3,80 para R$ 3,85 e, para 2020, de R$ 3,81 para R$ 3,82.

Publicado em Brasil

A Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza, encaminhou aos educadores de creches do município uma cartilha de 34 páginas que incentiva a masturbação infantil e sugere a pedofilia, tratando da “sexualidade na primeira infância”.

O deputado estadual cearense, André Fernandes (PSL), denunciou o caso por meio de um vídeo publicado no Youtube. Ele relata que recebeu diversas denúncias sobre o assunto e que foi verificar a veracidade.

Segundo Fernandes, a cartilha é destinada a educadores de creches que abrigam crianças de 0 a 6 anos. “Uma cartilha totalmente imoral!”, comenta.

Ainda segundo o deputado, o material fala sobre a burguesia, a influencia das religiões e traz os seguintes trechos:

“Abraços e carícias eram muito comuns às classes populares, assim como a masturbação infantil, que eram realizados pelos pais e pelas amas para acalmar as crianças” e, ainda, “as brincadeiras sexuais entre adultos (sugestão de pedofilia) e crianças ocorriam com certa frequência”  

“É verdade sim! Tem muito mais coisas aqui nesta cartilha. Tive acesso ao slide original. Queriam ministrar uma palestra ainda essa semana com os educadores”, salienta.

“Disseram que era mentira. A secretaria mandou recolher todo o material e disse que era falso. Mentira da secretaria!”, acrescentou André Fernandes, que explicou que uma professora entregou para ele uma das cartilhas.

O site Agora Paraná divulgou imagens do material e lembrou que a prefeitura de Fortaleza é “curral político da família Ferreira Gomes, que tem seu principal nome: Ciro Gomes”:

O conteúdo também debocha de Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos:

Ainda segundo o Agora Paraná, que teve acesso ao material completo, a cartilha diz que “reconhece a independência do erotismo, considerando fontes de sexualidade infantil e ressalta a posição de polimorfa perversa, na qual o ser humano tem uma disposição para toda prática sexual. Para a prefeitura de Fortaleza, de acordo com a cartilha, alguns adultos veem como uma questão assustadora a sexualidade infantil, no entanto, é uma dimensão humana à serviço da vida porque traz ganhos vinculados às bases fundamentais da felicidade como exercício do prazer e do amor”.

 

 

POR TERÇA LIVRE

Publicado em Brasil

Recebendo a temática “Assistência Social: Direito do Povo com Financiamento Público e Participação Social”, na manhã desta segunda-feira (2/9), foi iniciada a IX Conferência Municipal de Assistência Social, reunindo mais de 250 pessoas da esfera assistencialista no auditório da Casa do Trabalho, em Camaçari. A Conferência é realizada pela Prefeitura de Camaçari, através do Conselho Municipal de Assistência Social de Camaçari (CMAS), por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes).

Pela manhã, o encontro contou com a apresentação cultural do samba de roda do grupo de idosos do Projeto Arte de Viver, da Associação Beneficente São Thomaz de Cantuária. Já no período da tarde, os congressistas foram conduzidos até a Casa da Criança e do Adolescente para dar continuidade aos debates e diálogos acerca das políticas públicas de assistência social no município. No auditório, o evento, prestigiado por assistentes sociais, conselheiros municipais, usuários e profissionais que atuam no Sistema Único de Assistência Social (SUAS), além da sociedade civil organizada, foi marcado pela palestra magna ministrada pela PhD em Serviço Social, Valéria Noronha.

“A proposta é entender a assistência social como um direito e não como um favor, como uma benesse, e sim da importância em que se tem hoje em lidar com o entendimento do que é o recurso, do que é o gasto público, do que é um orçamento e isso vai fazer parte desta discussão. O desafio da gestão pública é justamente esse, pensar a assistência reconhecendo os avanços da política de assistência social no Brasil e buscar diante desses avanços, o que fazer frente aos gargalos”, explicou a palestrante Noronha.

Atentos, os participantes puderam elaborar propostas e sugestões que foram discutidas no período da tarde para que em seguida sejam apresentadas nas conferências Estadual e Nacional da Assistência Social. Nesta terça-feira (3/9), segundo dia de conferência, o público participará de três eixos temáticos sobre “Assistência social é um direito do cidadão e dever do Estado”, “Política pública tem que ter financiamento” e “A participação popular garante a democracia e o controle da sociedade”.

Fazendo questão de prestigiar a conferência, o prefeito Elinaldo Araújo agradeceu a participação do inscritos e respondeu alguns questionamentos do público. “Agradeço pela participação dos conselhos, pelas sugestões e críticas, pela participação de todos. Nós aprendemos muito com vocês. Uma coisa é você ter um processo teórico e outra é estar na parte prática. Vocês fazem o social. É por isso que estamos avançando no social e fazendo um serviço de assistência social qualificada”, destacou o prefeito.

Durante o evento, a titular da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes), Andréa Montenegro, fez uma avaliação da realização de mais um ano da conferência, além de comentar sobre o seu período à frente da secretaria. “Uma avaliação positiva, são oito meses de gestão e nesses oito meses a gente vê o quanto o social avançou e a conferência é o momento dos diálogos, das discussões e deliberar sobre as políticas públicas sociais. Eu vejo um encontro onde a gente reúne técnicos e sociedade civil para discutir novas ações”, relembrou a gestora.

Para a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), Mônica Evangelista, a “conferência é um momento de conferir, momento de ouvir o que a população de Camaçari tem a dizer sobre a assistência social. O conselho abre esse espaço e puxou essa conferência para que possa ouvir e poder gerir essa política no município”, avaliou.

Assistente Social e cursando pós-graduação em Saúde Pública, com ênfase em Saúde da Família, Celeste Giffoni, aproveitou a oportunidade para ampliar sua bagagem de conhecimento. “Que venha trazer mais conhecimento e nos ajude realmente a crescer como assistentes sociais para que a gente possa desenvolver um trabalho melhor não só em Camaçari, mas em toda Bahia”, ressaltou.

Publicado em Camaçari

Após sofrer com o não recebimento da vacina BCG por parte do Ministério da Saúde, a Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), informa que a vacinação voltou a acontecer nesta segunda-feira (2/9) após a chegada de novo lote. Contudo, seguindo ainda regime de racionamento das doses, a vacinação acontecerá em 13 unidades de saúde e no Hospital Geral de Camaçari (HGC).

Após a normalização da distribuição da vacina para o município, prevista pelo Ministério da Saúde para outubro, a mesma será oferecida em todas as salas de vacinação.

Confira nota informativa da Diretoria da Vigilância à Saúde e os locais de vacinação BCG:

NOTA INFORMATIVA

A Secretaria de Saúde, por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde e Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica, informa que a vacina BCG está disponível no Hospital Geral de Camaçari e nas seguintes unidades de saúde:

  • UBS MONTE GORDO (às segundas-feiras)
  • UBS CAMAÇARI DE DENTRO (às segundas-feiras)
  • USF BURI SATUBA (às segundas-feiras)
  • UBS VILA DE ABRANTES (às terças-feiras)
  • USF PONTO CERTO (às terças-feiras)
  • USF BARRA DO POJUCA (às quartas, pela manhã)
  • USF NOVA ALIANÇA (às quartas-feiras)
  • UBS GLEBA E (às quartas-feiras)
  • UBS AREMBEPE (às quintas-feiras)
  • UBS GRAVATÁ (às quintas-feiras)
  • USF PARQUE DAS MANGABAS (às sextas-feiras)
  • UBS GLEBA B (às sextas-feiras)
  • UBS BARRA DO JACUÍPE (às sextas, pela manhã)

 

Considerando que o tempo de utilização dessa vacina após abertura do frasco é de até 6 horas, a Secretaria de Saúde mantém a estratégia de oferecer a vacina BCG apenas nas unidades de saúde referidas, visando o melhor aproveitamento do número de doses em cada embalagem. Essa medida evitará a perda de doses e possibilitará contemplar um maior número de crianças. A aplicação da vacina ocorrerá com agendamento na própria unidade de saúde.

De acordo com a Nota Informativa Nº 190/2019-CGPNI/DEIDT/SVS/MS, o Ministério da Saúde solicita que os pais sejam informados sobre a falta da vacina pentavalente que previne contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite. A vacina teve abastecimento prejudicado para estados e municípios nos meses de agosto e setembro. O município de Camaçari dispõe de poucas doses da vacina e já estão distribuídas nas unidades de saúde. O Ministério da Saúde informa ainda que a distribuição da vacina pentavalente tem previsão de ser restabelecida em outubro de 2019.

As demais vacinas de rotina que compõem o calendário básico estão disponíveis nas salas de vacina em funcionamento.

Publicado em Camaçari

Esta segunda-feira (02/9) entra para a história do serviço de saúde pública de Camaçari com o lançamento do novo modelo de Regulação SUS, que visa acabar com as filas nas unidades de saúde em busca de vagas para exames e consultas da rede conveniada ao SUS municipal. Logo após a apresentação da novidade, realizada em coletiva de imprensa na sala de reuniões da Segov, ocorreu também um importante encontro de todos os reguladores e gerentes das unidades de saúde com o prefeito Elinaldo Araújo, o secretário de Saúde, Elias Natan e equipe da Secretaria de Saúde (Sesau).

Ciente da importância dos reguladores locais para o êxito desta revolução nos serviços de saúde, o prefeito Elinaldo fez questão de conversar pessoalmente com a equipe. “São vocês que estão lá na ponta, nas unidades de saúde recebendo nosso povo. É de vocês a grande missão de atender os usuários de forma humanizada, de não deixar nenhum usuário sair da unidade sem sua demanda em processo de resolução. Conto com cada um para juntos continuarmos transformando a saúde pública para melhor”.

Elinaldo ressaltou ainda que “todo investimento feito no sistema, na garantia das vagas, em equipamentos e nos novos fluxos e processo de nada adiantará se os reguladores locais, que estão na parte mais importante desse processo que é atendendo nosso povo, não vestirem a camisa compreendendo quão fundamentais eles são. Afinal, hoje eles são a porta de entrada de cada usuário nesse novo modelo de regulação”.

A partir de agora todas as unidades de saúde terão uma cota mínima assegurada via sistema para exames, consultas e demais procedimentos. “Se a cota mínima tiver acabado, o regulador lançará a demanda do usuário no sistema. Este, por sua vez, receberá um login e senha para acompanhar seu agendamento no site da Prefeitura sem precisar retornar à unidade para confirmar o dia, local e horário do seu procedimento. E nossa equipe terá prazos para dar uma resposta ao usuário com a demanda deste atendimento”, explica o secretário de Saúde, Elias Natan.

Outro ganho com o novo modelo é que a população não precisa formar filas durante as madrugadas para marcar seus procedimentos. “Não haverá mais dia de abertura de agenda. A agenda estará aberta todos os dias. Dessa forma a marcação acontecerá todos os dias da semana, o dia todo. O usuário pode chegar à unidade pela tarde que ele terá sua marcação lançada no sistema e poderá acompanhar de casa pelo site”, afirma Elba Brito, diretora de Avaliação e Controle do SUS.

Durante o encontro, os reguladores também receberam alguns instrumentos de trabalho como camisa, crachá e um smartphone através do qual também farão o lançamento das marcações no sistema. Tudo para garantir que o usuário não saia da unidade de saúde sem sua demanda lançada no sistema.

 
Publicado em Camaçari

A cada investimento, a Prefeitura de Camaçari mostra que a cidade vive um novo momento, e que o bem-estar do cidadão é a grande prioridade. Com foco nisso, na manhã desta segunda-feira (2/9), o prefeito Elinaldo Araújo apresentou à imprensa local o novo modelo de marcação de procedimentos médicos, que agora será feito por meio do sistema Nova Regulação Camaçari, que passa a ser utilizado em 41 unidades de saúde a partir do dia 6 de setembro. O ato aconteceu no gabinete e contou com ampla participação dos veículos de comunicação do município.

Na oportunidade, os presentes puderam tirar suas dúvidas sobre o novo processo para agendamento de exames, consultas e cadastro no Serviço de Transporte ao Usuário (STU), destinado aos pacientes que necessitam de tratamento especializado não disponível na rede municipal ou com demanda superior à capacidade de atendimento na cidade.

Com o novo software, o problema com as filas será resolvido, visto que o paciente só precisará ir à unidade de saúde apenas uma vez para marcar o procedimento, não havendo mais necessidade de retornar para confirmar ou tentar agendar novamente, caso não tenha a vaga, pois a solicitação será lançada via sistema e automaticamente o usuário entra na fila de espera, recebendo por mensagem de texto (SMS) no celular o dia, local e hora em que fará a consulta/exame. O atendimento para marcações deixa de ter dias específicos, passando a acontecer de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

Garantindo transparência, o paciente poderá acompanhar o agendamento ou a sua posição na fila de espera por meio do portal da Prefeitura (www.camacari.ba.gov.br), ao clicar em um banner a ser disponibilizado. O acesso ao site será por meio de login e senha, entregue na unidade, no momento em que o paciente fizer a sua primeira marcação.

A cotização é uma importante mudança prevista nesse novo modelo, no qual a gestão vai garantir oferta mínima de consultas e exames para todas as localidades da cidade. Outro aspecto de destaque é a descentralização, uma vez que todo e qualquer serviço poderá ser acessado via unidade, evitando que o paciente se desloque e desgaste com idas e vindas à Central de Regulação Municipal (CRM).

A CRM deixará de realizar as marcações de forma presencial, se concentrando na gestão dos processos, dentre os quais o monitoramento e atendimento à fila de espera, gestão da cotização e regulação médica dos procedimentos de alta complexidade e acompanhamento das ações das gerências de regulação distritais.

A situação mudou também para quem precisa solicitar o STU, que deverá ser feita também nas unidades de saúde de referência do paciente. A solicitação será enviada para a equipe responsável pelo serviço que, após analisar a documentação do usuário, entrará em contato com o mesmo para informar sobre o agendamento. Para facilitar, os profissionais de regulação serão equipados com smartphone com dados móveis para a digitalização e envio dessa documentação.

O prefeito Elinaldo Araújo explicou que a administração está concentrada em realizar ações que realmente resultem na melhoria da qualidade de vida do povo e para isso trabalha com diagnósticos. “Nós estamos fazendo dessa forma com a nossa educação e agora com a saúde. Queremos identificar nossos pontos fracos para mudarmos as estratégias e aperfeiçoar o que temos de bom. A partir desse novo modelo de marcação, vamos saber a demanda reprimida de cada localidade, identificarmos quais são os serviços de saúde necessários e o quantitativo”, esclareceu.

O chefe do Executivo pontuou ainda que o acolhimento faz parte da oferta de um bom serviço de saúde e por isso tem investido em colocar profissionais com perfil adequado para atender aos pacientes. “Estou confiante nos resultados positivos que essa nova ferramenta vai nos trazer, mas também tenho certeza que para o pleno funcionamento dependemos da boa atuação dos profissionais que atuam nesses espaços e por isso, na sequência, me reúno com os 41 reguladores dessas unidades de saúde para falar da importância dessa ação e do papel fundamental que eles exercem nesse processo”, concluiu o gestor do município.

O secretário de Saúde, Elias Natan, pontua que a adoção do novo sistema visa proporcionar mais conforto e comodidade aos usuários do Sistema Único de Saúde em Camaçari. “A nossa intenção é eliminar os transtornos causados pelas filas e otimizar o atendimento às demandas da população”, disse ao lembrar que mesmo em caso de problemas com conexão com a internet o usuário não ficará sem o agendamento. A solicitação será anotada e ele receberá a confirmação com os dados por SMS, ou poderá acompanhar o processo de marcação pelo portal.

A diretora de Controle e Avaliação do SUS, Elba Brito, que apresentou o novo modelo aos presentes, explicou durante a entrevista que é importante esclarecer à comunidade que a população é corresponsável no processo. “Quando o usuário consegue o agendamento e falta, ele impede que outro tenha a oportunidade de ser atendido. Então o sistema será parametrizado para que o paciente que falte a sua consulta/exame, sem justificar, fique 30 dias impedido de marcar o mesmo procedimento. É óbvio que se ele apresentar a justificativa, que deve ser feita na própria unidade de saúde, nós vamos liberar essa permissão para que ele faça um novo agendamento”.

Os 41 postos de saúde onde ocorrem as marcações são as Unidades Básicas e de Saúde da Família do município.

Documentação

A documentação a ser apresentada no ato da marcação é estabelecida conforme o procedimento. Em caso de consulta da atenção especializada, basta a Guia SUS I, amplamente conhecida pela população, sempre acompanhada de RG e cartão do SUS do usuário, que é o que garante o acesso aos serviços da rede.

Para os procedimentos de maior complexidade é preciso apresentar, além desses documentos, a Autorização de Procedimento de Alta Complexidade (APAC), que o usuário recebe ao ser atendido pelo médico durante a consulta, nos casos em que esses procedimentos são precisos. Se a solicitação for o Serviço de Transporte ao Usuário, a pessoa deve apresentar um relatório médico, no qual o especialista fale a importância e qual o serviço que o usuário deve fazer uso.

Publicado em Camaçari

A partir da manhã desta segunda-feira (2/9), e pelos próximos dias, o bairro Parque das Mangabas receberá serviços integrados de manutenção e zeladoria realizados pelo Programa Municipal Ação Total. Na oportunidade, logo na entrada principal do bairro, estiveram reunidos prepostos das secretarias envolvidas, representantes das empresas executoras, moradores e lideranças locais para dar a largada nos trabalhos, que começou com a execução de tapa-buraco na via de acesso ao local. A previsão é de que as intervenções durem de uma a duas semanas, dependendo da demanda e das condições climáticas.

Realizado pela Prefeitura de Camaçari, por intermédio da Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), com apoio de outras pastas, esta é a 5ª edição do programa. Dentre as ações que serão realizadas estão: além de tapa-buraco, poda de árvores, limpeza urbana, iluminação pública, limpa fossa, limpeza e pintura dos postes, sinalização vertical e horizontal, instalação de abrigos de ônibus, pintura de meio-fio, lavagem de ruas, varrição manual e mecanizada, coleta de resíduos e entulhos, roçagem, capinação, aumento de potência de lâmpadas, colocação e troca de braços de iluminação, substituição de lâmpadas queimadas e colocação de refletores, dentre outros.

O vice-prefeito e responsável pela Prefeitura Avançada da Costa, José Tude, participou da abertura dos trabalhos no bairro representando o prefeito Elinaldo Araújo. Na oportunidade, ele falou que o Ação Total é uma determinação do prefeito e que será cumprida exaustivamente, juntando esforços, em parceria com várias secretarias.

De acordo com o secretário de Serviços Públicos, Armando Mansur, antes das equipes de trabalho chegaram ao local, um levantamento das necessidades e demandas, para se ter um diagnóstico do que será executado, visando dar mais agilidade ao serviço, é realizado. “A nossa proposta é estar cada vez mais perto das comunidades, oferecendo mais segurança, infraestrutura e qualidade de vida aos moradores”, salientou o gestor.

O titular da pasta destacou ainda a parceria com a Secretaria da Saúde (Sesau), que enviou uma equipe de agentes de combate à endemias para realizar visitas domiciliares, visando o combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor de doenças como Dengue, Zika Vírus e Chikungunya, através da verificação e eliminação de possíveis criadouros.

De acordo com o líder comunitário Antônio Carlos de Souza, 50 anos, o Parque das Mangabas possui aproximadamente oito mil habitantes. Ele não escondeu o contentamento com a chegada das equipes ao bairro. Morador do local há mais de 15 anos, ele falou que a Prefeitura está de parabéns pela iniciativa e que ações de melhorias são sempre bem-vindas, inclusive para valorizar os imóveis da região.

Ao todo, cerca de 80 profissionais realizarão os trabalhos. Além de servidores e prestadores de serviços da Sesp, as equipes são formadas por colaboradores da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra) e da Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT).

O próximo local a ser contemplado pela iniciativa será a localidade de Arembepe, na Costa de Camaçari. Até o momento, além do Parque das Mangabas, o Ação Total já passou pelo Caminho do Mar I, II e III, Monte Gordo, Phoc I, II e III e Vila de Abrantes.

Publicado em Camaçari

Grupo Fato Verdade. Sua verdade na web.

Informações de qualidade, sem firulas, sem achismo

Galeria de Fotos