Itens filtrados por data: Terça, 04 Junho 2019

Os servidores do Instituto de Seguridade do Servidor Municipal (ISSM) participaram de um encontro com a Diretoria do Instituto para falar sobre a Política de Gestão de Pessoas do ISSM. A reunião aconteceu no auditório da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), na sexta-feira (31/05), e faz parte de um projeto de transparência e difusão de informações relevantes a respeito do ISSM, proporcionando maior conhecimento sobre os objetivos e metas do Instituto.

“Eu recebi o desafio de assumir a superintendência do Instituto e fico pensando sempre em melhorias tanto para os aposentados e pensionistas quanto para os servidores. Percebi que nós não tínhamos um tempo para conversar juntos sobre determinados temas relevantes, então esse projeto é uma oportunidade para isso”, explica o superintendente Pedro Guimarães.

O tema do primeiro encontro foi a Política de Gestão de Pessoas do ISSM, que vem sendo implementada gradativamente por meio de algumas ações, entre elas a designação da psicóloga Andrea Barbosa para a área de Gestão de Pessoas e o Projeto de Lei, em tramitação na Câmara Municipal de Camaçari, que altera a estrutura organizacional e as normas relacionadas ao quadro de pessoal do ISSM.

O diretor Administrativo e Financeiro do Instituto, Ernani Sena, conduziu a reunião abordando as tendências da Gestão de Pessoas e relatando experiências sobre desenvolvimento pessoal. “Nossa ideia de implementar uma gestão de pessoas é nortear o crescimento das pessoas que estão entrado agora”, explica.

Para o diretor, é importante ter referências de pessoas que se destacaram. “Além de ter inteligência emocional, é necessário observar as práticas de quem está crescendo, adaptando à sua personalidade, para também crescer”, recomenda, acrescentando que o servidor deve adotar uma estratégia de crescimento o mais cedo possível. “Tem que começar a plantar agora o que você quer colher na aposentadoria, pois tem pessoas que querem fazer tudo nos últimos dois anos de trabalho”, observa.

O diretor ressaltou, ainda, que a implantação da Gestão de Pessoas vai contribuir também para o desenvolvimento do Planejamento Estratégico do Instituto. A expectativa é que os encontros aconteçam, pelo menos, uma vez a cada dois meses.

Publicado em Camaçari

A Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (Sedec), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), inaugura, na tarde desta quinta-feira (06/06), a Central do Empreendedor, importante equipamento para quem deseja abrir e gerir com qualidade seu próprio negócio.

A programação de inauguração da Central do Empreendedor inicia às 13h30, no auditório principal da Casa do Trabalho, com uma sessão de palestras voltadas ao microempresário e, logo após, será realizada uma rodada de negócios, promovida pelo Sebrae e o Instituto Euvaldo Lodi (Iel), que contará com a presença e participação de centenas de empresas da região.

Às 17h, ocorrerá a coletiva com a imprensa e em seguida o público poderá conferir a estrutura física da Central do Empreendedor e apresentação de toda a equipe de trabalho.

A Central do Empreendedor faz parte do Hub de Negócios, programa pioneiro no Brasil, fruto do convênio firmado em outubro de 2018, entre o governo municipal e o Sebrae. Com o apoio técnico e coletivo das secretarias do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur), da Fazenda (Sefaz) e de Saúde (Sesau), o cidadão poderá abrir uma pequena empresa de baixo risco, em até 48 horas, e receber gratuitamente todo suporte de gestão, assessoria e desenvolvimento.

No espaço, haverá ainda consultores do Programa de Microcrédito do Estado (CrediBahia), e a parceria do Banco Bradesco, para atendimento e consultoria aos microempreendedores individuais (Mei) do município.

Publicado em Camaçari

A Prefeitura de Camaçari dá sequência às obras de pavimentação asfáltica em bairros da cidade. Nesta semana, os trabalhos chegaram até os bairros Verdes Horizontes e Lama Preta, oferecendo melhorias na malha viária para os motoristas e transeuntes que circulam pela localidade.

As duas regiões passaram por serviços de drenagem, composição de sub-base e base e estão prontas para receber a camada de asfalto. A via que ganha a melhoria no Verdes Horizontes é o Eixo 16 D, próximo ao mercado Novo Mix. Com 90 metros de extensão, a referida rua recebe o serviço de pavimento asfáltico nesta quarta-feira (5/6), de acordo com a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra). A localidade ainda será contemplada com 144 metros quadrados de passeios em ambos os lados da rua.

Outra via que receberá melhorias é a Rua do Campo, localizada na região do Jaraguá, no bairro Lama Preta.  A obra contempla 60 metros de extensão, mais 72 metros quadrados de passeios públicos.

Paralelo aos serviços de pavimentação, a Seinfra informa que outra frente de trabalho realiza tapa-buraco e implantação de quebra-molas em Fonte das Águas, Arembepe; na Rua Nova da Palha, em Burissatuba; e nas Travessas Flor do Campo e Santa Maria, no bairro Santa Maria.

Publicado em Camaçari

A Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria de Saúde, através do Centro de Controle de Zoonoses, iniciou no dia 25 de maio a campanha de vacinação antirrábica animal na zona rural do município. Até o momento, as ações já aconteceram nas comunidades de Jardim Montenegro, Jorrinho, Sapucaia, Coqueiro de Arembepe, Couro Dantas e Tucunaré.

Os agentes de endemias visitam as residências de porta em porta para realizar a vacinação. “Esse trabalho vem para somar ainda mais com a vacinação animal que acontece rotineiramente todas as sextas-feiras, em 22 unidades de saúde da sede, orla e zona rural do município. Somente no primeiro quadrimestre deste ano, já vacinamos 11.437 animais, entre cães e gatos”, afirma o secretário de Saúde, Elias Natan.

Confira o calendário das ações de vacinação na Zona Rural:

8/06 (sábado): Lagoa Seca, Cancela e Boa Esperança

9/06 (domingo): Boa Esperança, Vale da Landirana

15/06 (sábado): Eucalol, Oiteiro e Bom Jardim

16/06 (domingo): Cachoeirinha e Tiririca

Publicado em Camaçari

A Odebrecht SA e a fabricante de produtos químicos LyondellBasell Industries NV encerraram sem sucesso as negociações relacionadas à venda do controle da petroquímica Braskem para o grupo europeu, anunciaram as empresas nesta terça-feira (04).

A Reuters informou em março que conversas da LyondellBasell com a Odebrecht sobre um possível acordo de 11 bilhões de dólares pela Braskem haviam esfriado devido a questões ligadas ao atraso no envio de documento ao órgão regulador norte-americano e a um contrato de fornecimento de nafta com a Petrobras.

A Odebrecht, que vem tentando se reestruturar depois de participação no escândalo de corrupção investigado pela operação Lava Jato, vinha discutindo o acordo com a Lyondell há mais de um ano e meio.

A LyondellBasell disse que encerrou as negociações com a Odebrecht “após cuidadosa consideração”, mas não deu mais detalhes.

Em comunicado também nesta terça-feira, a petroquímica brasileira disse que foi informada pela Odebrecht “da decisão em conjunto com a LyondellBasell de encerrar as tratativas a respeito da potencial transação envolvendo a transferência à LyondellBasell da totalidade da participação da Odebrecht no capital social da Braskem”.

“A administração da companhia seguirá em busca de oportunidades que tenham o potencial de agregar valor à Braskem e, consequentemente, a todos os seus acionistas”, afirmou a empresa brasileira em fato relevante.

Em maio, a Braskem informou que suas ações listadas nos EUA seriam deslistadas da bolsa de Nova York depois que a companhia não entregou formulário 20-F de 2017 no prazo.

O conselho da Lyondell havia decidido que não concluiria o acordo antes que a Braskem registrasse seu relatório anual 20F de 2017 com a Securities and Exchange Commission (SEC) dos Estados Unidos, disse uma fonte.

As conversas entre Odebrecht e LyondellBasell vinham sendo acompanhadas de perto pela Petrobras, que divide o controle da Braskem com a Odebrecht e aguardava a conclusão da operação para avaliar possibilidade de venda de sua fatia na empresa ao mesmo comprador. (Por Exame)

Publicado em Brasil

Nesta terça-feira (4/6), o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais localizou um corpo completo na região do Terminal de Carga Ferroviário 3, atingida pela lama de resíduos da mineradora Vale após o rompimento da barragem no Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG).

Por meio de nota, a corporação informou que o corpo, ainda não identificado, foi enviado para o Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte.

De acordo com a última atualização da Defesa Civil de Minas Gerais, até a última quinta-feira (30), 25 pessoas seguiam desaparecidas e 245 mortes já haviam sido confirmadas após a tragédia.

Relembre

No dia 25 de janeiro, uma barragem de mineradora Vale em Brumadinho, rompeu deixando centenas de mortos. A lama atingiu parte do centro administrativo da empresa, a comunidade Córrego do Feijão e o rio Paraopeba, afluente do rio São Francisco.

Depois disso, a Câmara dos Deputados criou uma comissão externa e uma CPI para acompanhar o caso. (Por Agência do Brasil)

Publicado em Brasil

Nesta quarta-feira (5/6), a Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados instala as subcomissões especiais de Empreendedorismo e Inovação; e de Biometria e Privacidade.

As reuniões de instalação e eleição dos presidentes das subcomissões serão às 9 horas, na sala de reuniões da comissão no térreo do anexo 2.

Publicado em Brasil

Nesta terça-feira (4/6), a Câmara dos Deputados aprovou a Medida Provisória 875/19, que autoriza o pagamento de auxílio emergencial de um salário mínimo, por 12 meses, para famílias que recebem benefícios sociais em Brumadinho (MG).

O texto previa a autorização do pagamento de um auxílio emergencial de R$ 600, em parcela única, mas foi ampliado pelos parlamentares.

Segundo o texto do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), o pagamento do auxílio emergencial não provocará o cancelamento do cadastro das famílias atendidas pelo Programa Bolsa Família, pelo Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC) e pela Renda Mensal Vitalícia.

Durante a votação no plenário, os deputados também aprovaram uma indenização a bombeiros militares que participaram das operações de busca de vítimas da tragédia. O benefício será direcionado aos profissionais que desenvolverem doenças decorrentes de sua exposição a dejetos minerais comprovadas por acompanhamento de sua saúde ao longo de 20 anos. (Por Agência da Brasil)

Publicado em Política

Relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP), e integrantes do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) estudam retirar a Bahia da reforma, segundo o jornal Folha de São Paulo.

De acordo com a publicação, a Bahia não seria o único estado excluído. A ideia é que estados governados pela oposição ao presidente Jair Bolsonaro e com situação fiscal mais sólida seriam retirado da reforma. Também seriam excluídos do texto Rio Grande do Norte, que é gerido por Fátima Bezerra (PT), e Pernambuco comandado por Paulo Câmara (PSB).

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), tem sinalizado com apoio à reforma da Previdência desde que quatro pontos sejam retirados da proposta: as alterações no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e na aposentadoria rural, a intenção de desconstitucionalizar o texto e a criação da capitalização. 

Publicado em Política

A Diretoria de Ações de Defesa do Consumidor (Codecon) iniciou, na manhã desta quarta-feira, 5, a Operação Dia dos Namorados, no Shopping da Bahia. A iniciativa tem o objetivo de verificar se os produtos e serviços ofertados estão em condições de uso e consumo, garantindo o direito do consumidor.

Durante a semana, a operação visitará outros estabelecimentos comerciais, encerrando as ações no dia 11 de junho.

O foco da fiscalização são os estabelecimentos mais procurados para a data. Entre as lojas visitadas estão joalherias, perfumarias, floriculturas, restaurantes, sexy shops e motéis.

Os agentes averiguam itens como preço, conservação, condicionamento, validade dos produtos e higiene, e a presença do Código de Defesa do Consumidor (CDC), que deve estar completo com os 119 artigos, e em local visível ao público.

Os estabelecimentos notificados têm dez dias, a partir da notificação, para corrigir o erro. Passado esse prazo, o órgão volta ao local para verificar a reincidência ou não da infração, correndo o risco de aplicação de multa, que pode variar entre R$ 600 a R$ 6 milhões.

Publicado em Salvador

Grupo Fato Verdade. Sua verdade na web.

Informações de qualidade, sem firulas, sem achismo

Galeria de Fotos