Items filtered by date: Tuesday, 09 April 2019

Nesta terça-feira (9/4), o deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) apresenta seu parecer sobre a reforma da Previdência à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados (CCJ).

O parecer de Marcelo, relator da proposta, pode ser votado até dia 17. O colegiado analisa apenas a admissibilidade do texto, o mérito será discutido por uma comissão especial. O texto divide opiniões desde sua edição.

Semana passada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, foi à CCJ debater a reforma. Guedes comparou o sistema previdenciário atual a um avião sem combustível que se dirige para alto-mar. O ministro declarou que o atual sistema “está condenado“.

Published in Brasil

O ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Demian Fiocca, presta depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do BNDES, nesta quarta-feira (10/4), em Brasília. Fiocca presidiu a instituição entre 2006 e 2007.

Kim Kataguiri (DEM-SP), autor do pedido para ouvir Fiocca, quer informações sobre os contratos do Banco com as chamadas “campeãs nacionais”.

A instituição já rejeitou publicamente o termo “campeãs nacionais” por presumir a concessão de privilégios para poucas empresas. De acordo com o BNDES, sua missão é o fortalecimento de setores e empresas nacionais como forma de gerar mais e melhores empregos, aumentar exportações e elevar a capacidade de inovação do país.

 

Published in Brasil

O Facebook fechou parceria com o Estadão para “verificar informações falsas” na plataforma. Desde a última terça-feira (8), os funcionários do jornal estão analisando o conteúdo da rede social em busca de notícias que eles considerem falsas. Segundo o próprio Estadão, a iniciativa faz parte do programa global do Facebook. No Brasil, o projeto foi lançado em maio de 2018 e conta com os parceiros com a controversa Agência Lupa. Desde então, já foram censurados no país mais de 700 conteúdos.

As publicações definidas como falsas pelo Estadão podem sofrer censura como circulação reduzida e baixa exposição.

David Friedlander, editor executivo do veículo de comunicação, comentou a nova função do jornal: “A desinformação distorce a realidade, envenena a sociedade e nos afasta dos debates que realmente interessam. Por isso, para nós o combate à circulação de conteúdo falso nas redes é uma questão de interesse público”, disse David Friedlander, editor executivo da empresa.

A queda de credibilidade do jornal não foi determinante para a escolha do Facebook. No dia 11 de Março, internautas subiram a tag #EstadãoMentiu para o primeiro lugar no trending topics do Twitter em resposta ao caso da repórter Constança Rezende.

EX-FUNCIONÁRIO DO FACEBOOK ADMITIU QUE NOTÍCIAS DE VIÉS CONSERVADOR ERAM CENSURADAS

Em 2016, um ex-funcionário do Facebook abriu um debate na vida política norte-americana ao acusar a rede social de suprimir de forma sistemática as notícias de interesse dos leitores conservadores dos EUA. O site de tecnologia Gizmodo publicou a denúncia do jornalista, que elaborou uma lista das informações que ficaram de fora, enquanto trabalhava no módulo de tendências informativas, e o jornal The New York Times fez eco, abrindo assim uma discussão na qual o Facebook nega categoricamente qualquer tipo de censura. “Levamos muito a sério as acusações de viés”, afirmou o Facebook em um comunicado. “O Facebook é uma plataforma para as pessoas e as perspectivas de todo o espectro político.”
 
O ex-funcionário, de direita, conta que quando começava a trabalhar ficava assombrado ao ver que determinadas informações de grande difusão não estavam entre as tendências informativas, ou porque a equipe não havia reconhecido as notícias ou porque tinham sido deixadas de lado.
 
JORNALISTA DO ESTADÃO OFENDEU JAIR BOLSONARO 
 
O jornalista Dener Giovanni, do Estado de São Paulo, publicou ofensas ao presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (8), em suas redes sociais. Em seu twitter oficial, o blogueiro escreveu: “sua mãe jogou o bebê fora e criou a placenta. Você é um ser desprezível”.

Bolsonaro reagiu com ironia à ofensa:  “kkkk, mais amor, jornalista do Estadão”. 

No twitter de Giovanni é possível encontrar diversas matérias contrárias ao governo e ao presidente, muitas do próprio Estadão. 

ESTADÃO DIVULGOU “LISTA NEGRA” DE INFLUENCIADORES DE DIREITA

Após a repercussão da denúncia sobre a jornalista Constança Rezende, no dia 16 de Março deste ano, o Estadão inseriu vários portais, jornalistas independentes e perfis de viés conservador em uma ‘lista negra’ do jornal. O texto foi escrito por José Fucs, que classifica o grupo como “máquina de assassinato de reputação”. Estão na lista: o portal Terça Livre TV, Allan dos Santos, Fernanda Salles (esta que vos fala) e Italo Lorenzon.

Lista 
Published in Brasil

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Brumadinho (MG) reúne-se nesta terça-feira (9/4), em Brasília, com requerimentos em pauta. A CPI vai ouvir Cristina Heloiza da Silva Malheiros, funcionária da Gerência de Geotecnia da Vale S.A, citada em um processo na Justiça como responsável pelo monitoramento da barragem B1 da Mina Córrego do Feijão. O requerimento é do senador Carlos Viana (PSD-MG).

A CPI é presidida pela senadora Rose de Freitas (PODE-ES), tem por objetivo apurar as causas do rompimento da barragem Brumadinho e investigar a segurança de outras barragens.

Renzo Albieri Guimarães Carvalho, convocado a pedido do senador Carlos para prestar depoimentos, também da Gerência de Geotecnia da Vale, é suspeito de ser um dos responsáveis pelo rompimento por supostamente ter conhecimento da situação crítica da barragem.

Para Carlos, o depoimento desses convocados pode ajudar a identificar as responsabilidades individuais e da Vale na tragédia de Brumadinho.

O senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) apresentou requerimento pedindo a indisponibilidade dos bens da Vale e dos bens de seus dirigentes Fábio Schvartsman, Gerd Poppinga, Lúcio Cavalli e Silmar Silva, com intuito de preservar os valores para as justas indenizações às famílias das vítimas da tragédia.

 

Published in Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou a lei que torna automática a adesão dos brasileiros ao Cadastro Positivo, nessa segunda-feira (8/4), em Brasília. A intenção da medida é facilitar a concessão de crédito, potencializar as possibilidades de consumo e investimento, e diminuir juros.

O Cadastro Positivo é o serviço que avalia o risco de crédito das pessoas físicas e jurídicas, baseado em históricos financeiros e comerciais.

As informações serão inseridas automaticamente em um banco de dados sem a prévia permissão dos clientes. O Governo estima redução em até 45% na inadimplência no Brasil, que hoje atinge mais de 60 milhões de pessoas.

O secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos A. J. da Costa, afirma que a medida pode beneficiar “130 milhões de pessoas, inclusive 22 milhões de brasileiros que estão hoje fora do mercado de crédito, embora já apresentem bons históricos de adimplência”.

se espera uma injeção de recursos da ordem de R$ 1 trilhão na economia brasileira, com impacto de aproximadamente 19% na relação crédito/PIB (de 47% para 66%)“, completou Carlos.

O Banco Central avalia que a iniciativa previne do endividamento excessivo, o que protege cidadãos e credores.

Published in Brasil

Comissão mista analisa Medida Provisória 863/18 que eleva o limite de participação estrangeira em companhias aéreas. O parecer do relator, senador Roberto Rocha (PSDB-MA), pode ser votado nesta terça-feira (9/4), no Senado.

A proposta eleva de 20% para 100% o limite de participação estrangeira em companhias aéreas. Antes da medida assinada pelo ex-presidente Michel Temer, o limite era de 20% (Código Brasileiro de Aeronáutica, Lei 7.565/86).

Austrália, Nova Zelândia e União Europeia já admitem 100% de capital estrangeiro para empresas que atuem somente dentro de seu território.

A medida tramita em regime de urgência.

Published in Brasil

Nesta terça-feira (9/4), será lançada uma frente em defesa do ensino técnico e profissionalizante, sob a coordenação do deputado Giovani Cherini (PR-RS), em Brasília.

O grupo apoiará a criação de cursos nas áreas de agropecuária e industrial nessas modalidades de ensino.

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Ensino Técnico e Profissionalizante é composta por 218 deputados e 14 senadores.

Published in Brasil

Evaldo dos Santos Rosa, de 51 anos, morreu após ter seu carro atingido por pelo menos 80 tiros de fuzil disparados por militares do Exército, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, nesse domingo (7/4). Evaldo estava acompanhado da esposa, filho de 7 anos, sogro e uma mulher. Todos iam para um chá de bebê.

Segundo a primeira nota divulgada pelo Comando Militar do Leste (CML), os militares foram atacados por criminosos que estavam realizando um assalto e, por isso, atiraram contra eles matando um cidadão que seria um assaltante, mas na verdade era um músico e segurança pai de família.

Os disparos ainda deixaram dois feridos, o sogro da vítima e um pedestre. Após realizar uma perícia no local, a Polícia Civil informou que não havia assaltantes no carro.

Published in Brasil

O jornalista Dener Giovanni, do Estado de S. Paulo, publicou ofensas ao presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (8), em suas redes sociais. Em seu twitter oficial, o blogueiro escreveu: “sua mãe jogou o bebê fora e criou a placenta. Você é um ser desprezível”.

Bolsonaro reagiu com ironia à ofensa:  “kkkk, mais amor, jornalista do Estadão”. 

No twitter de Giovanni é possível encontrar diversas matérias contrárias ao governo e ao presidente, muitas do próprio Estadão. 

O jornal é um dos maiores do país, mas está com credibilidade em xeque. No dia 11 de Março deste ano, internautas subiram a tag #EstadãoMentiu em primeiro lugar no twitter do Brasil. Nas postagens do Estado no Facebook é possível notar a desaprovação dos leitores nos comentários.

O embate entre Bolsonaro e a grande mídia é antigo, situação parecida com a do presidente americano Donald Trump, que popularizou a expressão “fake news” em uma discussão com um jornalista da CNN.

Atualização 16h52 – Logo após a publicação desta matéria o jornalista Dener Giovanni deletou sua conta no Twitter.

Published in Brasil

Grupo Fato Verdade. Sua verdade na web.

Informações de qualidade, sem firulas, sem achismo

Galeria de Fotos