Itens filtrados por data: Domingo, 06 Outubro 2019

Uma ação conjunta entre a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal apreendeu na última sexta-feira (4) mais de 723 kg de maconha em frente a Unidade Operacional da PRF, em Céu Azul, região oeste do Paraná.

Um homem foi preso em flagrante. Equipes da PF e da PRF abordaram, na BR-277, um caminhão com placas de São Paulo que transportava fardos de material reciclável.

Durante vistoria, foi apresentada aos policiais uma nota fiscal fria do material e foram encontrados 21 fardos de maconha escondidos em meio à carga de reciclável que estava no caminhão.

Aos agentes da PRF, o preso, de 66 anos, disse ter saído de Foz do Iguaçu/PR e que levaria a carga até Curitiba/PR.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Federal de Foz do Iguaçu, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante.

 

 

FONTE : TERÇA LIVRE

Publicado em Brasil

Questionado sobre a cota feminina de 30% em eleições, o presidente Luciano Bivar afirma que o direito ‘deve acabar para evitar novos 'rolos'’.  Na opinião de Bivar, a Câmara dos Deputados precisa "atacar a obrigatoriedade de gênero" para evitar irregularidades como as investigadas pela PF nas próximas eleições.

A declaração foi dada em entrevista ao Blog Andreia Sadi em entrevista nesta segunda-feira (07), após o Ministro do Turismo, filiado ao PSL, Marcelo Antônio,foi indiciado pela Polícia Federal e denunciado pelo Ministério Público, o ministro é investigado pelo suposto uso de candidaturas-laranja de mulheres em Minas Gerais nas eleições de 2018.

Hoje, o Tribunal Superior Eleitoral estipula que pelo menos 30% dos recursos do fundo eleitoral devem ser destinados a candidaturas femininas.

"As pessoas têm medo de falar, eu também me incluo nessa, porque achamos que vai parecer que somos contra as mulheres. Mas não é isso, precisa explicar: se você perguntar se tem mulher para sair candidata em tudo, não tem. A mulher não quer ser candidata. Vai buscar e não vai achar, e vai ter uma situação díspar. O partido vai colocar o que der para obedecer a regra. Por isso, precisamos mudar a cota feminina", defendeu o presidente do PSL.

"Se tem rolo agora, como dizem, imagine o rolo que vai ser com esse fundo partidário e a gente tendo que destinar 30% para mulheres? Se tem rolo agora, multiplica por 10 na próxima eleição", concluiu.

Publicado em Política

“Vacina é um direito da criança. Ela não consegue ir sozinha a uma unidade de saúde para se vacinar. Pais, responsáveis, avós chequem a carteira de vacinação como ato de respeito e de amor”, disse o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. “Se estiver incompleta, leve a criança para tomar a segunda dose. Se a criança não tiver tomado nenhuma, ela deve tomar a primeira dose e, na sequência, a segunda”, explicou o ministro.

Para incentivar a vacinação de crianças, o ministério disponibilizará R$ 206 milhões destinados aos municípios que cumprirem duas metas estabelecidas pelo ministério. “Para receber esse recurso adicional, os gestores terão que informar mensalmente o estoque das vacinas poliomielite, tríplice viral e pentavalente e atingir 95% de cobertura vacinal contra o sarampo em crianças de 1 a 5 anos de idade com a primeira dose da vacina tríplice viral”.

Desde o início do ano, a pasta distribuiu 25,5 milhões de doses da vacina tríplice viral para garantir a todos os estados a vacinação de rotina, as ações de interrupção da transmissão do vírus e a dose extra chamada de dose zero a todas as crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias.

Vacinar contra o sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito. Por isso, o governo federal em parceria com os estados e municípios estão unindo esforços para vacinar 39,9 milhões de brasileiros, 20% da população, que hoje estão suscetíveis ao vírus do sarampo, de acordo com o Ministério da Saúde. Apesar da faixa etária de 20 a 29 anos concentrar a maior parte desses brasileiros (35%), são os menores de 5 anos o grupo mais suscetível para complicações do sarampo.

Dados 

No levantemtno divulgado até o dia 28 de agosto, o Brasil registrou 5.404 casos confirmados de sarampo e seis mortes, sendo quatro delas de pacientes menores de 1 ano. Dos casos confirmados nesse período, 97% (5.228) estão concentrados em 173 municípios do estado de São Paulo, principalmente na região metropolitana. Os outros 176 casos foram registrados em 18 estados: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão, Paraná, Piauí, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Ceará, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Pará Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Goiás, Bahia, Sergipe e Distrito Federal.

 

 

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

Publicado em Brasil

Instituições financeiras reduziram, pela nona vez seguida, a estimativa para a inflação este ano.

Segundo pesquisa do Banco Central (BC) feita junto ao mercado financeiro, divulgada todas as segundas-feiras pela internet, a previsão para a inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, passou de 3,43% para 3,42% em 2019.

Para 2020, a estimativa caiu de 3,79% para 3,78%, na segunda redução seguida. A previsão para os anos seguintes não teve alterações: 3,75% em 2021, e 3,50%, em 2022.

As projeções para 2019 e 2020 estão abaixo do centro da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. A meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é de 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

O principal instrumento usado pelo BC para controlar a inflação é a taxa básica de juros, a Selic. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Para o mercado financeiro, a Selic deve terminar 2019 em 4,75% ao ano. Atualmente, a Selic está em 5,5% ao ano.

O mercado financeiro não alterou a estimativa para o fim de 2020: 5% ao ano. Para 2021, a expectativa é que a Selic termine o período em 6,50% ao ano. Para o fim de 2022, a previsão permanece em 7% ao ano.

Crescimento da economia

A previsão para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – é mantida em 0,87% em 2019, há cinco semanas consecutivas.

As estimativas para os anos seguintes também não foram alteradas: 2% em 2020; e 2,50% em 2021 e 2022.

Dólar

A previsão para a cotação do dólar segue em R$ 4 e, para 2020, subiu de R$ 3,91 para R$ 3,95.

 

 

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

Publicado em Brasil

Policiais rodoviários federais prenderam na noite de ontem (6), com o apoio do Ministério Público do Rio de Janeiro, um suspeito de integrar a milícia que controla a comunidade de Rio das Pedras e da Muzema, na zona oeste da cidade do Rio. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele estava escondido em um sítio em Guapimirim, na Baixada Fluminense.

O suspeito tinha contra ele um mandado de prisão por homicídio. O Disque Denúncia oferecia uma recompensa de R$ 1 mil por informações que levassem à captura do foragido. Ele foi levado à Delegacia de Campos Elíseos (60ª DP).

A milícia que controla Rio das Pedras e a Muzema é apontada como responsável pela construção de edifícios irregulares, como os que desabaram em abril deste ano, matando mais de 20 pessoas.

 

 

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

Publicado em Brasil
Segunda, 07 Outubro 2019 00:00

PMIA é tema de audiência pública

Mais uma atividade de escuta da população para elaboração do Plano Municipal para Infância e Adolescência (PMIA) será realizada pela Prefeitura de Camaçari. No dia 10 de outubro, às 9h30, acontecerá uma audiência pública, com o apoio da Câmara de Vereadores, no Teatro Alberto Martins, onde estão sendo realizadas as sessões do Legislativo.

O evento vai reunir diversos agentes da rede colaborativa e a programação prevê apresentações. São elas: do Grupo de Trabalho Coordenador (GTC) sobre importância de toda sociedade e rede contribuírem com a construção do PMIA; de reforço do tema sobre Saúde Coletiva, com Natasha Lemos; Medidas socioeducativas, onde o município atua e qual contribuição deste tema para o PMIA, com Cristiane Ramalho; Importância do plano para Camaçari e seus impactos positivos, pela juíza da Vara da Infância e Juventude de Camaçari, Dra. Geórgia Quadros; Importância das ações elencadas no PMIA para os 10 anos que segue, pela promotora de Justiça, Dra. Carla Barreto; a minuta de tudo que já foi construído do PMIA, pela Plan International.

Para elaboração do plano já foram realizadas diversas atividades, como fóruns, seminários e oficinas, que aconteceram em diversas escolas. Essa é uma oportunidade para que outros públicos da sociedade também tenham acesso a essa informação e contribuam na construção do documento.

Publicado em Camaçari

Grupo Fato Verdade. Sua verdade na web.

Informações de qualidade, sem firulas, sem achismo

Galeria de Fotos