'Nunca achei que chegaria tão longe', diz juiz Marcelo Bretas Destaque

05 Mar 2019
147 vezes

Responsável pela operação Lava Jato no Rio de Janeiro, o juiz Marcelo Bretas fez a sua estreia na Sapucaí. “Carnaval não é a minha praia”, disse ele à coluna no camarote Quem - O Globo.

Nascido em Nilópolis, no estado fluminense, ele garante que não será candidato a um cargo político —o que passou a ser ventilado depois que o ex-juiz Sergio Moro virou ministro do governo de Jair Bolsonaro.

Gosta do Carnaval? Pessoalmente não é o meu gosto musical. Eu gosto de rock, de [músicas dos] anos 1990 e instrumental. Mas a festa é muito organizada. Estou encantado com as fantasias e os carros alegóricos.

Como está a segurança no Rio neste ano? Estamos no domingo de Carnaval e não há relatos de grandes problemas. Agora [no governo de Wilson Witzel (PSC)] há uma preocupação com as questões de segurança. O governo está investindo na contratação de pessoal e na aquisição de equipamentos. A gente tem visto uma polícia mais motivada.

Acredito nas mudanças que estão sendo feitas a nível federal e estadual. A bandidagem, percebendo a força do Estado, acaba se recolhendo.

A ida de Sergio Moro para o Ministério da Justiça causa impacto na Lava Jato? Na administração anterior eu não via tanto problema. A Polícia Federal já era nossa parceira. Mas eu confesso que a presença do ministro Moro nos dá uma tranquilidade maior. É alguém que conhece muito bem o trabalho, sabe das necessidades e é acessível. Goza de nossa confiança irrestrita. O simples fato de ele estar lá já é uma garantia de trabalho melhor.

Almeja ocupar um cargo político no futuro? Zero. Não almejo cargo nenhum. Sou juiz federal, sou feliz. Para ser sincero, nunca achei que chegaria tão longe. Estou muito satisfeito com o meu posicionamento profissional.

Avalie este item
(0 votos)

Grupo Fato Verdade. Sua verdade na web.

Informações de qualidade, sem firulas, sem achismo

Galeria de Fotos