Alden critica ACM Neto por “proteger” Igor Kannário e chama festa do cantor de “movimento marginal” Destaque

05 Mar 2019
69 vezes
https://www.youtube.com/watch?v=F6stfiW6b8U

O deputado estadual Capitão Alden (PSL) criticou o prefeito ACM Neto (DEM) por “proteger” o cantor e deputado federal Igor Kannário (DEM), que supostamente homenageou uma facção criminosa durante apresentação no Carnaval de Salvador. 

“Quando nos manifestamos contra o incentivo à violência e em prol do respeito aos agentes de segurança pública não é meramente para criar polêmicas ‘desnecessárias’. Quando dizemos que não devemos normalizar atitudes como a do cantor e deputado federal, Igor Kannário, ao se vestir em apologia ao crime organizado, falamos sobre a importância de se respeitar as organizações militares e os profissionais que atuam em serviço à sociedade”, disse em nota.

“Ao se proteger esse artista, o governo municipal, através do prefeito ACM Neto, empodera e respalda as inconsequências do ‘cantor’ e do seu público”, prosseguiu, criticando também o fato de agentes da Guarda Municipal terem sido agredidos por supostos fãs do cantor.

“Hoje, lamentavelmente, agentes da Guarda Civil Municipal foram agredidos por foliões, ditos ‘fãs’ de Igor Kannário, por estarem fazendo o seu trabalho, mesmo com todo o desgaste físico que tantos dias de festa demanda, que aliás, vossa excelência preferiu manter apesar das recomendações em contrário dos órgãos de segurança. Admiro a coragem e enfrentamento desses profissionais, mas é difícil compreender a atuação deles num ambiente hostil como a ‘pipoca’ de Kannário”, disse. 

Alden ainda classificou a festa dos fãs de Kannário como um “movimento marginal e desrespeitoso”. “Neste momento, apesar de toda a responsabilidade que a farda carrega, a prioridade deve ser a vida desses agentes, que se expõem em defesa daqueles que estão no evento para curtir e celebrar a cultura local, através da linda festa que é o carnaval, e não de quem arrisca a sua própria e a de terceiros num movimento marginal e desrespeitoso, como é a festa dos fãs de Kannário”, declarou, e questionou ACM Neto:

“Qual é o limite, prefeito? Até quando continuará permitindo essa afronta ao Estado e a lei? Não será isso hipocrisia de sua parte? Falar de ordem e respeito e apadrinhar um fora da lei? Consegue agora enxergar qual o problema ou será necessário que alguma tragédia aconteça para que perceba que não é correto normalizar atitudes como essa?”.

Avalie este item
(0 votos)

Grupo Fato Verdade. Sua verdade na web.

Informações de qualidade, sem firulas, sem achismo

Galeria de Fotos